Yvonne Maggie e o extremismo dos coletivos universitários

Universidade é uma das instituições mais exitosas da civilização ocidental. Surgida na Idade Média, atingiu sua forma atual no começo do século XIX, com o modelo humboldtiano alemão. Ela tem este nome – universidade – porque busca contemplar a universalidade do conhecimento humano: artes, teologia, filosofia, ciências formais e ciências empíricas.

O sucesso da Universidade deveu-se a um valor arduamente conquistado: a liberdade de expressão. Não mais a tradição, não mais a palavra da autoridade, não mais as convenções sociais. O saber, agora, respeitaria apenas três autoridades: a razão lógica, a experimentação empírica e a livre troca de ideias entre pares em uma esfera pública acadêmica.

(…)

Leia o restante do meu artigo no Ano Zero.

 

Uma resposta em “Yvonne Maggie e o extremismo dos coletivos universitários

  1. Olá. Quando acesso o link do artigo “Yvonne Maggie e o extremismo dos coletivos universitários” aparece a mensagem Página não encontrada. Tenho muito interesse pelo tema. Este texto foi publicado em outro lugar?

Deixe uma resposta para Marcelo Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s